Homem que queria matar Dilma e explodir o congresso é preso em Brasilia.

Polícia Militar do Distrito Federal apreendeu nesta quinta-feira (12) uma arma de fogo e diversas armas brancas que estavam escondidas no carro de um manifestante acampado em frente ao Congresso Nacional. Pelo menos uma pessoa foi presa. De acordo com relato da Polícia Civil, uma denúncia levou os PMs a abordarem o manifestante e a revistarem seu carro. No veículo foram encontradas uma pistola Taurus .380, um soco inglês, sprays de mostarda, diversos furadores de coco e um porrete.

A reportagem falou com um dos líderes do movimento, que se identifica como Dom Werneck, 38 anos, que afirmou que foram eles próprios que chamaram a polícia. “O nosso movimento é família, cristão, pacífico, não apoiamos esse tipo de atitude”, afirmou. Segundo ele, o homem dizia que iria matar Dilma Rousseff e jogar uma bomba no Congresso Nacional. O caso foi registrado na 5ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal.

O cidadão foi enquadrado e responderá o processo por porte ilegal de arma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s